A Culpa é da APA!

Rio Vez, Arcos de ValdevezJá era de prever, o ano passado a culpa era do SNIRH, este ano da APA (Agência Portuguesa do Ambiente).

Como era de prever, a presidência da câmara veio justificar o injustificável (comunicado da CMAV).  Deve ser uma conspiração da Quercus, APA, SNIRH e de S. Pedro, para embaraçar o executivo PSD da Câmara Municipal (e das outras 3 praias com qualidade má em todo o país)

O que não pode ser escamoteado, é que o Rio Vez continua negligenciado e, infelizmente, não se vêem perspectivas de se alterar com o PSD a governar a câmara, pois as suas prioridades são outras!

Praia da Valeta continua má…

Praia da Valeta
Praia da Valeta

Estamos numa nova época balnear mas continuamos com problemas velhos!

A Quercus, como costume, divulgou a lista de praias com qualidade de ouro. São 335, incluindo águas costeiras e interiores. A praia da Valeta continua a ser avaliada e, para não fugir à regra, continua a ser considerada “má”!

É com imensa tristeza que continuo a verificar que a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, governada pelo PSD, continua a fazer ouvidos de mercador para os problemas que deixou que aparecessem no Rio Vez. O Rio Vez, no passado considerado o rio mais limpo da Europa passou a ser etiquetado como “impróprio para banhos”.

O que dói mais, é saber que com uma parte do investimento que foi feito na piscina externa, consegui-se uma zona de lazer invejável. Temos tudo, como dizia no filme do artigo anterior, falta-no um executivo municipal à altura do que a natureza nos proporciona.

Já sabemos que a o Presidente da Câmara deve vir a público apresentar uma justificação que são perseguidos, que fazem análises… bom este ano não vai poder dizer que foram os incêndios a provocar a má qualidade da água.

Provavelmente a resolução inclui interferir com algumas pessoas que são amigos e que por isso podem poluir à vontade… talvez esteja aí a principal causa do rio se ter deteriorado sob a governação do PSD e nada ter sido feito para reverter a situação.

Mas não estamos a falar só da qualidade da água. Faltam uns balneários adequados. Falta a contratação de vigilantes. Falta, a vontade política de tornar a Praia da Valeta num polo de atração turística fomentador de riqueza.

É isto que nos envergonha:

Captura de ecrã 2013-06-3, às 16.26.03Dados do perfil da Praia da Valeta na Agência Portuguesa do Ambiente.

[Edit: dados da Agência Portuguesa do Ambiente]

 

 

Arcos de Valdevez no Outono

Infelizmente os jardins nos Arcos são pobres, o que nos dá uma Primavera e um Verão menos coloridos.

Compensa o Outono quando as árvores, sobretudo os Acer sp., começam a perder a clorofila evidenciando a sua mistura de carotenos e xantofilas… o resultado estás nas fotos:

Álvaro Amorim





Praia da Valeta

Praia da Valeta
Praia da Valeta

Estamos em plena época balnear e a Praia da Valeta é um dos centros de atenção.

Terça feira, dia 17 de Julho foi assinado um protocolo entre o executivo municipal e a junta de Arcos Salvador para contratar um nadador salvador e para a limpeza das casas de banho. Nada de mal, se este protocolo já tivesse sido assinado há 2 meses atrás! Só quando o rio está cheio de banhistas a se deliciarem com as águas do Vez é que se lembram do essencial.

Como já aqui disse várias vezes, este teria de ser um trabalho feito com antecedência e com outro tipo de intervenções, para tornar a Praia da Valeta ainda mais apetecível e um chamariz turístico para Arcos de Valdevez. Será para justificar os banhos do lado…?

Na notícia é referido que os valores de coliformes fecais, (Escherichia coliEnterococos sp.) estão muito abaixo dos limites legais. É certo que estes valores não são susceptíveis de causar qualquer problema de saúde pública e a água do vez pode neste local ser frequentada com segurança, mas se eu fosse Presidente da Câmara só estaria satisfeito com valores de zero para estes parâmetros e para outros tipos de poluição. O actual presidente da câmara municipal leva com ele o legado de perder o título de “Rio Mais Limpo da Europa”, algo de que não se deve orgulhar.

Apesar de tudo, estou à espera do dia em que tenha disponibilidade de dar um mergulho na Praia da Valeta!!!

Álvaro Amorim

Qualidade da água na Praia da Valeta

ImagemNo artigo anterior, referi o facto de a Praia da Valeta não ter direito a bandeira azul e ao facto de o executivo municipal pouco investir neste que é o ex-libris das nossas terras.

Recentemente saíram notícias na imprensa sobre um relatório da Quercus em que dava a qualidade da água da Praia da Valeta como má. Um comunicado do executivo municipal refere que os valores deste relatório se devem aos reportados em 2011 pelo SNIRH, que o próprio executivo contestou.

Independentemente de quem tenha razão, temos que defender algo que pode trazer riqueza ao concelho. O executivo tinha obrigação de se precaver, porque estes relatórios da Quercus são frequentes, e junto das entidades que realizam a monitorização garantir que há dados recentes e fiáveis para serem utilizados.

A credibilidade das autoridades é essencial para garantir que as pessoas não fujam e a câmara não ficou no quadro, quando o ano passado não interditou imediatamente a praia, até garantir que a água estava em condições e justificando o aparecimento destes valores com as cinzas dos incêndios neste comunicado. Como é lógico, estas bactérias, coliformes fecais, a terem existido, vem de focos poluentes de esgotos domésticos… mas aí parecia mal á câmara aceitar tal coisa!

Os executivos do PSD, que governam a câmara há décadas, tem tido esta sina, a construção de grandes obras de regime e o parco investimento no que temos… não é feitio, é defeito mesmo.

AA

Bandeira azul nas praias fluviais

Rio Vez, praia da Valeta
Rio Vez, praia da Valeta

É unanimemente reconhecido que Arcos de Valdevez tem condições naturais para rivalizar em termos turísticos com qualquer lugar do país. Essa potencialidade pode ser uma enorme fonte de riqueza para o concelho.

Vem isto a propósito da atribuição da distinção “Bandeira Azul” às praias portuguesas, quase 300 no total das quais 14 são praias fluviais.

O jornal Público tem um óptima infografia sobre o assunto “Bandeira Azul“.

Com o Rio Vez a correr quase exclusivamente no concelho de Arcos de Valdevez e com tantos lugares aprazíveis que se enchem no verão de banhistas, é inacreditável como a câmara municipal ainda não conseguiu criar uma praia fluvial que, cumprindo os critérios do galardão, pudesse exibir uma bandeira azul durante o Verão.

A praia fluvial da Valeta tem todas as condições para, com as devidas adequações, poder exibir uma “Bandeira Azul”! Infelizmente, o nosso executivo, em vez de investir no Rio Vez e criar uma praia fluvial que fosse atractiva para turistas que podiam trazer riqueza, apostou numa piscina exterior, que municípios que não tem recursos naturais como Arcos de Valdevez, são obrigados a construir.

Como amante do Rio Vez, sonho com o dia em que a praia da Valeta seja uma praia fluvial com as condições adequadas aos banhistas.

AA

Qualidade da água na praia da Valeta

É com imensa pena que tive conhecimento que as análises à água da Praia Fluvial da Valeta, tem apresentado ao longo do Verão valores muito elevados de bactérias, quer Escherichia coli  e enterococos intestinais.

Segundo as análises do SNIRH – Sistema Nacional de Informação dos Recursos Hídricos, várias amostras ao longos dos dois últimos meses apresentaram estas bactérias, capazes de ser uma ameaça à saúde pública.

Análises à água da praia da Valeta, pelo SNIRH

O Rio Vez, que tem todas as condições para ser um rio limpo, cujo município que percorre tem um sistema de tratamento de águas, que os munícipes pagam mensalmente juntamente com a água, continua a apresentar focos de poluição que só podem envergonhar os responsáveis.

Mas, mais grave que as análises apresentarem focos de poluição grave, é as autoridades não informarem a população e não interditarem a praia. Alguém deveria ser responsabilizado, no mínimo por atentado à saúde pública por negligência.

Infelizmente, em Portugal, os responsáveis, ou políticos ou nomeados pelos políticos, continuam a atentar contra os seus deveres e nunca são responsabilizados. Estivéssemos num país desenvolvido e o vereador responsável a assim como delegados de saúde e responsáveis pelos recursos hídricos já teriam sido demitidos, ou punidos civicamente.

Neste caso, será também mais uma justificação para a construção da piscina exterior?