Como se estouram 220 000€

RotundaAs rotundas são excelentes instrumentos para regular o trânsito em entroncamentos que, quando bem aplicadas, podem evitar acidentes e tornar o trânsito mais fluido.

No entanto, em alguns autarcas portugueses, instalou-se a chamada “rotundomania”, tornando os seus municipios alvo de chacota! Toda a gente conhecia os casos de Viseu e S. João da Madeira.

É com enorme infelicidade que vejo Arcos de Valdevez a engrossar a lista de municípios em que entram na chacota da “rotundomania”.

Já conhecemos o “roteiro das rotundas inúteis de Arcos de Valdevez”, a começar pelas duas mais recentemente construidas, na Rua Dr. Castro Caldas e a seguinte na EN202, no entroncamento para a margem esquerda do Rio Vez.

Ficamos a saber, com as informações recebidas sobre a reunião do executivo arcuense de 12 de Agosto, que se iria construir uma nova rotunda na Rua Dr. Joaquim Carlos da Cunha Cerqueira. Sabendo que é a rua que passa em frente ao Agrupamento de Escolas de Valdevez, não percebi de imediato onde seria possível construir uma rotunda naquele local! A única hipótese seria no local onde agora existe um triangulo, ainda por requalificar, que é utilizado  como parque de estacionamento.

Todos concordarão que o espaço necessita de uma intervenção, ajardinando o local ou mesmo ordenando o estacionamento. Mas não passaria pela cabeça de uma pessoa minimamente racional, construir ali uma rotunda. Quem lá anda, percebe-se facilemnte que não existe qualquer dificuldade no transito automóvel. Existe, sim, longas filas em tempos de aulas, mas por razões bem conhecidas.

Mas, se construir uma rotunda naquele local, para dificultar o transito que lá circula sem problemas, é uma solução errada, mesmo que não custasse um cêntimo, gastar mais de 200 mil euros numa obra inutil, que até vem atrapalhar, é de deixar qualquer arcuense responsável, sem palavras. Quando vi esses valores na impresna arcuense, fiquei simplesmente consternado e só podia pensar o quão mal é gerido o nosso dinheiro por estes autarcas.

É um dos legados deste executivo, um ordenamento da circulação automóvel a todos os níveis absurda, com rotundas inuteis, vias que deveriam ser pedonais com trânsito e vias que deviam ser transitáveis interrompidas. E, não se pense que é tudo obra dos 4 últimos anos de mandato… o ordenamento do trânsito vem do tempo em que o actual candidato à Câmara Municipal de Arcos de Valdevez pelo PSD, era o braço direito do Presidente da Câmara.

Álvaro Amorim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s