Assembleia Municipal de 21/06/2012

Pelourinho e Câmara MunicipalA Assembleia Municipal de quinta-feira, 21 de Junho, não apresentava pontos que pudessem ser polémicos. Apenas dois pontos a votação, o regulamento do fogo e um regulamento para a atribuição de subsídios às associações municipais.

O ponto quente foi, por isso antes da hora de trabalho mas, mesmo assim foi morno.

Nós fizemos uma alusão às notícias sobre a Praia da Valeta, questionamos o município sobre se iria aderir à linha de crédito acordada entre a Associação de Municípios e se pretendia aumentar as taxas, e o Governo e sobre andamento do processo relativo à “Reforma administrativa do Território”. O Sr. Presidente da Câmara respondeu mostrando a sua indignação pelas notícias sobre o Rio Vez e que já tinha emitido um comunicado. Sobre a linha de apoio, referiu que não estava na situação dos municípios que tinham de recorrer a esse crédito por estarem em situação difícil, mas que podia mais tarde recorrer a uma versão mais favorável que está prevista no acordo entre o governo e a ANMP. Claro que como as taxas em Arcos de Valdevez já são as máximas no IMI e outros impostos, não há muito a ceder ao governo… Em relação à lei da “Reforma administrativa do território” continua tudo parado, mesmo que já tenha passado quase um mês após a lei ter sido publicada… A regra é: em Lisboa que decidam….

Fizemos ainda uma intervenção relativamente ao relatório de actividades. Questionamos o apoio de 20000€ ao novo clube de futebol, até porque foi celebrada com uma associação que, pelo menos até agora, era privada. Pedimos informações sobre o projecto de requalificação da ponte de Santar, gostaríamos de ver o que vai ser feito e sobre se estava ao corrente dos problemas nas emissões de TDT, pois há muitas pessoas que, depois de um inicio em que a ficaram contentes com a qualidade do serviço, deixaram simplesmente de poder ver televisão normalmente. O Sr. Presidente da Câmara referiu em relação ao apoio à Lançatalentos que foi uma opção política. Em relação à TDT, disse que não percebia nada de antenas, que não era da sua responsabilidade… Claro, em Arcos de Valdevez a função da Câmara Municipal não é resolver os problemas das pessoas, é fazer obras que vamos todos pagar, mesmo que sejam elefantes brancos!

Algumas notas:

Demos os parabéns ao acto democrático decorrido recentemente no PSD e aos vencedores e vencidos.

Foram claras as divisões que existem no executivo municipal fruto do recente acto eleitoral no PSD dos Arcos. O Sr Presidente da Câmara começou a reunião apenas com uma vereadora presente. Mais tarde chegou outro… mas comparado com reuniões anteriores em que estavam todos presentes!

Um Sr. Presidente da Junta foi agradecer aos autarcas que brevemente terminariam o mandato. O Sr. Presidente da Câmara disse que lhes agradecia, mas ainda era cedo, ainda há mais 16 meses de trabalho. Se o exemplo for o que vem na Jornal dos Arcos sobre a mudança do marco junto da igreja do Espirito Santo para o Campo do Trasladário… se o trabalho for este, mais valia acabar-se já com o mandato!

AA

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s