Assembleia Municipal 30/09 (parte II)

Na discussão do relatório de actividades, fizemos algumas questões relacionadas com decisões da Assembleia Municipal. Questionamos sobre a prometida reunião com a Sarreliber, sobre a ampliação da fabrica na Zona Industrial das Mogueiras. Pedimos informações sobre o andamento do Hotel dos Arcos, uma vez que a Assembleia tinha autorizado uma prorrogação do prazo de construção, assim como sobre o a dissolução da ASDEVAL, também ali aprovada. Por fim, questionamos sobre a pertinência de uma intervenção para melhorar as condições da praia da valeta.Em resposta, o Sr. Presidente da Camara prometeu a famosa reunião com a Sarreliber para o mês de Outubro. Continuamos aa espera.

Em relação a ASDEVAL, o Sr. presidente referiu que tinha sido encerrada, e tinha fechado. Não ficamos satisfeitos com a resposta, pois não nos informou se já realizou a assembleia geral da mesma, para a sua dissolução.

Sobre o Hotel dos Arcos nem uma palavra…

Sobre o melhoramento da praia da valeta, apenas referiu que houve um problema com umas analises feitas pela ARH, que inclusivamente estavam em desacordo com analises feitas no mesmo dia a pedido da Câmara Municipal e da ARS Norte. No entanto, fiquei com algumas duvidas: Será que a monitorização das águas do Rio Vez são feitas por 3 entidades diferentes nos mesmos dias? Esses resultados foram feitos por contra-analise aas amostras da ARH, e então qual a explicação dada pela ARH para os primeiros valores? Como se pode verificar num artigo anterior, a praia da valeta não teve apenas um episódio isolado de níveis elevados de bactérias perigosas, teve vários desde Julho. Há analises ou contra-analises para estas?

Alem do mais, a nossa questão não tinha unicamente a ver com a qualidade da água. A praia da valeta poderia constituir um pólo de atracção para o município, mas para isso precisa de uma intervenção de fundo. Ao invés do meio milhão de euros que serão investidos numa piscina exterior, que não trás nenhuma mais valia ao município, o melhoramento deste local, que já assim é um grande ponto de atracção, seria com certeza inigualável pelos municípios vizinhos.

Arcos de Valdevez tem tido um enorme investimento nos últimos anos. A questão que se coloca é ate que ponto esse investimento foi promotor do aumento do PIB municipal, e motor de desenvolvimento. Os parques empresariais são com certeza bons exemplos do investimento, apesar de algumas localizações serem questionáveis. No entanto, a atração de empresas que procuram mão obra barata, que não tragam desenvolvimento, não é positivo. Com as potencialidades naturais que Arcos de Valdevez possuiu, uma aposta no turismo de qualidade, em vez do turismo das novelas, poderia trazer riqueza e permitir o aumento do PIB. Neste contexto, a praia da valeta e o Rio Vez podem ser pontos  de alavancagem deste turismo, contando com as Serras da Peneda e Soajo como postais de promoção deste naturalmente fantástico concelho.

AA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s