Assembleia de 30/04

Na sexta, 30 de Abril, realizou-se mais uma Assembleia Municipal. A Ordem de trabalhos não tinha pontos muito quentes. Havia o relatório de contas para aprovar, mas este resultou de opções políticas que naturalmente o CDS não era responsável. Também um novo regulamento de taxas, que decorre da aplicação da lei. É certo que há algumas taxas que poderia haver uma decisão política de as isentar, mas esse trabalho teria que ser feito em sede de discussão pública. Assim, não havia nem que aprovar nem reprovar, pelo que o CDS abesteve-se em ambas as votações.

Verdadeiramente interessante, foi o período antes da ordem de trabalhos, com o CDS a apresentar duas moções a votação e um voto de congratulação. Uma moção sobre o encerramento do SAP do Centro de Saúde , outra sobre o pagamento das portagens na A28. O Voto de congratulação ao CRAV, que tão bem tem representado o Concelho de Arcos de Valdevez.A Moção sobre as portagens, na qual o CDS se opõe à aplicação de portagens na A28, foi aprovada por unanimidade. É uma posição unânime em toda a região, ainda por mais, sabendo-se que regiões bem mais desenvolvidas que o Alto Minho, como o Algarve, para dar só um exemplo, tem estas vias sem portagens.

A Moção sobre o encerramento do SAP também foi aprovada, mas agora com votos contra de alguns elementos do PS! Compreende-se esta posição, não fora o governo PS a tomar a decisão do encerramento das urgências no Alto Minho. As questões que o CDS colocou ao presidente da câmara, que assinou um protocolo com a ARS Norte, para obterem algumas contrapartidas, não foram cabalmente respondidas. As avaliações, semestrais, desde que foi assinado o protocolo, e mensais desde que encerrou o SAP não foram apresentadas, ficando apenas a saber que iria haver uma reunião brevemente para discutir o assunto. Os serviços da Misericórdia foram apresentados como uma boa solução, apresentando serviços complementares que antes não existiam. No entanto, ainda não estão a funcionar plenamente, e o acordo com a ADSE, por exemplo, ainda há pouco tempo não existia. O que é certo, é que neste momento os arcuenses não tem no conselho um local onde se possam dirigir em caso de doença aguda. Tem em Ponte de Lima, mas em condições que não são as mínimas exigidas num país que se diz desenvolvido. É claro que há uma viatura SIV, e uma VMER… Deus queira que não tenhamos um ataque cardíaco num dia em que haja um acidente de viação numa qualquer estrada do distrito.

Por fim, uma coisa positiva… o brilhante CRAV!!!! Depois de uma magnífica época, subiu à divisão de Honra do Rugby nacional. A divisão maior. A moção foi aprovada por unanimidade, depois de junta às do PS e PSD!

Antes de terminar, não posso deixar de referir mais um favor que o PS fez ao PSD. Propôs que se fizesse a estrada Braga-Monção, pegando na moção por nós apresentada na assembleia de Dezembro de 2009. Claro que o Sr. Presidente da Câmara apoiou a ideia, e pediu ao PS para interceder junto do governo… a moção foi aprovada por unanimidade! Não me faz confusão que se ajude o PSD (se bem que este PSD goste pouco de receber ajudas e parece preferir dizer mal, do que aproveitar ideias que são claramente positivas), mas a forma como foi apresentada foi claramente um tiro no pé. E, se por um lado mostra a pouca influência que esta câmara consegue exercer a nível local, que nos levou a perder o SAP, a Loja do Cidadão, e muitas outras coisas, também mostra a competência e peso do PS nos Arcos de Valdevez!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s